Alimentos com calorias negativas ajudam a emagrecer com saúde

Ricos em fibras, frutas e hortaliças gastam mais do que adicionam e são ricos em vitaminas

Manter o corpo em dia com saúde e equilíbrio pode ser uma verdadeira guerra, mas alguns aliados prometem auxiliar nessa missão. Conhecidos por alimentos com “calorias negativas”, as hortaliças e frutas são gostosas e ainda te ajudam a eliminar os quilos extras, dando as vitaminas que o seu corpo precisa para se manter saudável e com um bom funcionamento. “Eles ajudam a emagrecer, pois contêm menos calorias do que as que o corpo gasta ao digeri-los”, explica a nutricionista Liliam Teixeira Francisco.

“A dieta com calorias negativas vale muito a pena, mas você tem que se lembrar de mexer também na qualidade dos carboidratos e consumir proteínas magras”, indica a nutricionista Andreia Gonzales Barbeiro, do Centro de Bem-estar e fisioterapia Levitas. Ela aconselha a substituição das farinhas brancas por pães integrais, aumentando ainda mais o gasto calórico e melhorando o funcionamento do intestino. De acordo com a profissional, a quantidade correta de fibras diárias deve ser entre 25g e 30g, o equivalente a cerca de uma colher de fibras como a aveia ou a chia para cada refeição principal. “O ideal é colocar esses alimentos pelo menos três vezes ao dia, principalmente no café da manhã, almoço e jantar. Quando não é possível, podem ser consumidos nos lanches”, conta Andreia.

 Os alimentos com calorias negativas

A nutricionista Liliam conta sobre alguns dos alimentos com calorias negativas disponíveis:

 Abacaxi: rico em cálcio, potássio e vitaminas A, B e C, o abacaxi contém bromelina, enzima que ajuda na digestão.

 Abobrinha: composta de água (em torno de 90%), a abobrinha é diurética e rica em vitaminas A e C.

 Agrião: rico em ferro, iodo, vitamina C e betacaroteno – um antioxidante e auxilia no sistema respiratório.

 Alface: rico em potássio, cálcio, ferro e vitaminas A, B3 e C. Tem poder antioxidante e age como calmante para quem sofre de insônia.

 Alho: ajuda a combater vírus, infecções e inflamações, além de auxiliar em problemas respiratórios, como asma e bronquite. É fonte de potássio, cálcio e magnésio.

Ameixa: tem propriedades antioxidantes, retarda o envelhecimento, estimula a digestão e combate a gripe. É rica em potássio, magnésio, cálcio, fibras, betacaroteno e vitaminas C e E.

Aspargo: rico em fibras, potássio e vitaminas B e C. Aumenta o sistema imunológico, tem poder antioxidante.

Berinjela: fonte de cálcio, fósforo, postássio, magnésio e vitaminas A, C e do complexo B.

Beterraba: alimento cheio de nutrientes, como proteínas, fibras, vitaminas A, B e C, ferro, potássio e zinco. Ajuda a combater anemia.

Brócolis: fonte de vitamina A e de sais minerais como cálcio, ferro e fibras. Poder antioxidante e anticancerígeno.

Cenoura: alimento rico em betacaroteno, fibras, cálcio, zinco e vitaminas A, C e E. Além de auxiliar a digestão, melhora a produção de sangue.

Couve: rico em fibras, o alimento é indicado para enfermidades do estômago e auxilia a digestão. A couve é fonte de vitamina C, ferro, cálcio e betacaroteno.

Damasco: pode prevenir problemas no fígado e alguns tipos de câncer. É rico em ferro, potássio, fósforo e vitaminas A, B1, B2, B3 e C.

Laranja: fonte de vitamina C e caroteno, ajuda a combater gripes e resfriados.

Limão: pode ajudar a tratar resfriados e gripes e melhorar a circulação do sangue. É rico em cálcio, potássio e vitamina C.

Maçã: rica em cálcio, magnésio, potássio, cobre, zinco, vitaminas B, C e E, e contém pectina, fibra que a ajuda a controlar o nível de colesterol no sangue. Ajuda na digestão, no tratamento de resfriados, tem poder antioxidante e evita a proliferação de células cancerígenas.

Mamão: contém papaína, que melhora a digestão e a prisão de ventre. É fonte de ferro, cálcio e vitaminas A, B e C.

Continue lendo no DaquiDali>> 

Por: Naiara Taborda
Fonte: DaquiDali

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*