Dicas para cuidar das varizes

Além de serem feias, as varizes podem ser muito doloridas. Siga as dicas abaixo para ajudar a adiar o seu desenvolvimento ou melhorar qualquer desconforto.

Verifique a árvore genealógica – este problema vascular é hereditário, apesar do motivo ser desconhecido. Alguns especialistas acreditam que existe uma fraqueza no gene que comanda o desenvolvimento das veias. Isto pode levar a defeitos nos níveis de estrutura das válvulas e das veias, em algumas pessoas, uma diminuição no número de válvulas das veias, fazendo com que as que estão funcionando ainda fiquem sobrecarregadas. Se houver algum caso de varizes na sua família, quanto antes você tomar medidas preventivas melhor será.

Mexa-se – enquanto os exercícios podem não prevenir as varizes, os médicos concordam que a atividade física pode diminuir os sintomas melhorando a circulação, o que evita que o sangue se acumule. Como os músculos que trabalham nos membros inferiores se contraem, eles empurram o sangue através das veias, de volta ao coração.

Para continuar movendo suas pernas, qualquer exercício que envolve as pernas servirá, desde aeróbica até o fortalecimento e atividades tonificadoras localizadas, dizem os especialistas. Ande de bicicleta, faça aulas de aeróbica, faça uma caminhada ou corra, use a máquina de step na academia ou suba escadas no trabalho, durante seu almoço – são exercícios muito bons para as pernas. Exercícios tonificantes localizados, como levantamento das pernas, que especificamente criam os músculos do bumbum, coxas e parte inferior das pernas também são recomendados.

Perder peso – não só a obesidade sobrecarrega quase todo o sistema corporal, mas carregar este peso extra torna as pessoas menos ativas, o que significa que seus músculos da perna fazem menos esforço. Como resultado, com o sobrepeso as pessoas geralmente não conseguem bombear o sangue de seus membros inferiores de volta para o coração de forma eficiente. Além disso, os vasos sangüíneos da pessoa com sobrepeso carregam mais sangue que os vasos de uma pessoa mais magra, de maneira que a força é maior nas próprias veias.

Tenha uma dieta equilibrada – além de ajudar você a manter o peso adequado, uma dieta equilibrada pode fornecer nutrientes que podem, na verdade, ajudar a prevenir as varizes. Por exemplo, as proteínas e a vitamina C são componentes do colágeno, parte do tecido nas veias e válvulas. Se o colágeno estiver em boa forma, estes tecidos tendem a ser mais salientes. Uma dieta equilibrada que inclui uma grande variedade de alimentos, incluindo frutas frescas e vegetais, grãos integrais e fontes de proteínas magras, é a melhor maneira de obter as quantidades corretas de nutrientes valiosos. Entretanto, enquanto uma dieta saudável pode fortalecer seu sistema vascular, não pode curar as varizes.

Não fique muito tempo em pé – quando você está parado em um lugar, o sangue nas veias da sua perna não fazem somente uma jornada longa subindo contra a força da gravidade, ele tem que fazer isso sem a ajuda que o bombeamento que expande e contrai os músculos da perna podem fornecer. Como resultado, o sangue tende a acumular na parte inferior das pernas, levando ao desenvolvimento das varizes.

Se possível, faça intervalos freqüentes para andar ou sentar com os pés para cima. E enquanto você está em pé em um ponto, altere o peso de uma perna para a outra e/ou ocasionalmente ficar na ponta dos pés vai ajudar os músculos das pernas na tarefa de empurrar o sangue para cima em direção ao coração.

Continue lendo no ComoTudoFunciona>>

Fonte: ComoTudoFunciona

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*