Saiba qual FPS usar para cada tom de pele

Para cada tipo de pele, é indicado um protetor solar diferente

Entenda a diferença
A radiação UVA penetra profundamente na pele, não costuma ter sua intensidade alterada conforme a época do ano ou altitude de cada região e é a principal responsável pelo fotoenvelhecimento. Já os raios UVB provocam as queimaduras solares e mudam de intensidade conforme a estação e altitude, ganhando força no verão, em especial entre 10h e 16h. Causador do câncer de pele, o raio UVB é mil vezes mais potente do que o UVA.

Cada tom, uma proteção

Pessoas claríssimas devem evitar longos períodos ao sol, já que apresentam envelhecimento solar precoce e maior incidência de melanoma. Vitaminas com fotoprotetores orais são de grande ajuda, bem como consultar o dermatologista a cada seis meses para exame de manchas.

Morenas claras são mais propensas a manchas e melasmas. “O uso de protetor pode ser decrescente, começando no FPS 60 e descendo para o 40 e o 30 nos dias subsequentes para obtenção de um bronzeado seguro”, sugere Gabriela Casabona.

Morenas escuras e mulatas têm proteção natural quase total, mas devem usar filtros solares associados a hidratantes, já que o vento e o sol causam ressecamento, o cloro acarreta danos e o sal resseca a pele.

Continue lendo no Corpo a Corpo >> 

Por: Heloísa Noronha
Fonte: Corpo a Corpo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*