Veja dez hábitos que prejudicam a circulação do sangue

O estilo de vida pode ser a palavra-chave quando se fala em problemas com a circulação sanguínea. Por causa do cotidiano acelerado, as pessoas acabam se descuidando da própria saúde. Por isso, conversamos com Carlos Eduardo Virgini, presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro (SBACV – RJ), sobre alguns hábitos que prejudicam o funcionamento do corpo.

Excesso de sal na alimentação
O sódio retém líquido no organismo e aumenta o trabalho cardíaco, o que favorece o aparecimento de problemas no coração, artérias e nos rins. Os enlatados e conservas também trazem uma grande quantidade desse nutriente em sua composição.

Ingestão excessiva de gorduras
O primeiro efeito desse hábito é a obesidade. Doenças cardiovasculares, diabetes, hipertensão e colesterol alto (um tipo de gordura no sangue) são outros riscos. As mulheres estão mais vulneráveis a estes problemas. De acordo com Virgini, no Brasil, pelo menos metade da população está acima do peso. O excesso de gordura tem efeito silencioso e também pode causar derrame.

Uso de cigarros
Quem fuma um maço por dia, tem mais que o dobro de chances de sofrer um enfarto do que quem não fuma. O hábito reduz a quantidade de oxigênio que chega ao coração, causa hipertensão arterial e acelera a arteriosclerose – o acúmulo de gordura e outros elementos nas paredes das artérias.

Sedentarismo
Um indivíduo que não pratica exercícios faz mais esforço em do que aquele que exercita o corpo. A atividade física é um dos itens mais importantes para fazer o organismo funcionar corretamente, de acordo com o doutor Carlos Eduardo. O sedentarismo está associado à obesidade e também à arteriosclerose.

Estresse
A tensão exagerada e contínua causada pelo ritmo de vida agitado pode originar hipertensão arterial, dor no peito e enfarto.

Não cuidar da própria saúde
Segundo o doutor Virgini, as pessoas só procuram um médico quando já estão doentes. Alguns problemas são silenciosos e podem ser resolvidos com facilidade, como é a hipertensão arterial, diabetes e a hipercolesterolemia (excesso de colesterol no sangue). Essas doenças podem causar outras mais graves. “O melhor tratamento é sempre a prevenção”, afirma o médico.

Dormir mal
As pessoas com o hábito de descansar pouco são mais propensas à obesidade, diabetes e a problemas cardiovasculares. “Dormir pouco está associado a morrer mais cedo”, destaca Virgini.

Alimentação ruim
Mais do que evitar o consumo excessivo de sal e gordura, é preciso ter o hábito de equilibrar as refeições. Comer frutas e verduras frescas é uma das principais dicas.

Leia este texto na integra no Yahoo Mulher>>

Por: Leonardo Azzali
Fonte: Yahoo Mulher 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*